Análise-Explicação: filme Mulholland Drive (Cidade dos Sonhos)


Para falar a verdade não conheço muito as obras do diretor David Lynch, antes de Mulholland Dr., conhecia apenas o clássico “Veludo Azul”.

Mulholland Drive é uma obra de arte que prende a atenção do início ao fim. É um filme difícil de ser entendido à primeira vez e, para muitos, pode ser até entediante por ser “denso” e complexo. Acredito que quando se assiste um filme que faça a pessoa refletir, é preciso encarar o mesmo como um entretenimento e como um desafio para solucionar um mistério. Para quem não curte desafio, mas gosta de filmes bem elaborados, minha dica é que preste muita atenção aos detalhes, pois a obra não segue uma linha do tempo definida.

Para compreender um pouco, tive que assistir uma vez, e demorei uns bons meses para digerir, para então assistir de novo e, com calma, criar uma ideia do que pode ter ocorrido.

Obs1: se não curte spoiler, não leia daqui para frente, pois apesar de ser uma opinião, muitas partes serão reveladas.

Obs2: para um entendimento mais eficaz, acredito que deva explicar um contexto geral primeiro, para depois ir “decupando” e tentando explicar o filme de acordo com minha interpretação livre.
O filme

Um acidente de carro a caminho da estrada Mulholland causa amnésia em uma pessoa. Tal pessoa entra numa casa e conhece Betty, uma aspirante a atriz que a ajuda a tentar recuperar a memória. Ao tentar ajudá-la, situações bizarras vão acontecendo, como se fosse um sonho. As duas vão tentando completar as lacunas juntas.

Contexto: o sonho de Diane Sellwyn (Naomi Watts), a protagonista do filme. No sonho, existe uma culpa muito grande e a tentativa de encontrar uma “alternativa à atitude que ela tomou e que mudou uma vida”.

É estranho, pois ao mesmo tempo em que parece ser um sonho, parece um distúrbio de personalidade, pois ela vai controlando o sonho e sabemos que o sonho é incontrolável. Talvez por isso há partes que são muito bizarras e sem explicações.

Perfil/fatos da vida de Diane Sellwyn: uma pessoa atormentada por ter uma carreira de atriz frustrada, ter sido trocada pela pessoa amada e pela culpa por ter cometido indiretamente um crime. Com peso na consciência, tenta reverter o fato por meio de um sonho, no qual haverão pessoas personificando sua consciência, personalidade, etc.

Personagens-chave: na minha opinião são 3.

– Diane Sellwyn, protagonista
– Camila Rhodes/Rita, amante e atriz bem sucedida que causa inveja e ciúmes em Diane S.
– Adam, diretor de Hollywood que vai se casar com Camila Rhodes

Símbolos:

– Chave azul: marcar etapas da história
– Caixa azul: consciência

Personagens que podem ser/estão ligados ao inconsciente de Diane:

1. Dan. Ele estava no Winkie’s (Café) quando Diane contratou o assassino. Dan, no sonho, pode ser Diane, que conta que teve 2 sonhos idênticos naquele Winkie’s e que havia um homem atrás do Café que lhe dava medo. O homem é um mendigo aterrorizador que guardava a caixa (consciência dela). Parecia até um monstro, talvez fosse o eu interior dela se negando a enfrentar a brutal realidade.

2. O casal de idosos que conhece Diane no voo. Parecem ser a personificação da consciência/culpa querendo pregar uma peça nela, pois no começo os dois a ajudam, logo depois, no táxi, o casal começa a agir rindo de maneira maliciosa. No final, os dois saem em tamanho reduzido da caixa azul e vão atrás de Diane na casa dela, pressionando ela a se matar (no sonho).

3. As pessoas que estão no Ryan Entertainment, local de seleção para atores/atrizes do filme que Adam vai rodar (tais personagens estavam na festa real que aconteceu na casa de Adam). Parece ser uma tentativa de vingança e ter controle do que não pode ser controlado. No sonho, o pessoal da empresa tenta obrigar Adam a escolher a atriz Camila Rhodes, Adam se recusa, volta para sua casa e, a partir daí, passa a ser “punido”. Pega sua namorada na cama com um limpador de casas, depois percebe que tem todos os cartões bloqueados. É coagido a se encontrar com o “Cowboy” (que também estava na festa real de Adam).

4. “Cowboy”. A vontade de ter tido, na realidade, o domínio da situação. Adam e “Cowboy” se encontram e tem um diálogo interessante no qual, Adam tenta “dar uma de espertinho” em lugar de seguir as regras. A regra é: “a atitude de um homem revela que caminhos a vida dele vai tomar”. Ele será obrigado a selecionar Camila Rhodes, essa atitude vai definir a vida dele.

Se na vida real, Adam tivesse a atitude correta de não “roubar” Camila dela e de não dar o papel principal a Camila, esta poderia estar viva.

5. Louise. A louca que ficava hospedada ao lado de Camila tenta avisar que algo ruim está para acontecer com alguma pessoa.

6. Camila Rhodes ou Rita, no sonho, pode ser a consciência querendo abrir os olhos de Betty (Diane).

A explicação

O início do filme começa mostrando um concurso de dança, o qual Diane Sellwyn venceu, e que a motivou a ser atriz e mudar-se do Canadá para os EUA (Hollywood), além disso, ganhou certa quantia de dinheiro depois que a tia morreu.

Após a cena do concurso/introdução do filme, Diana se deita para dormir (nessa cena, não aparece um personagem, apenas a câmera em primeira pessoa mostrando que alguém abatido está prestes a deitar). O sonho dela e o filme começam a partir desse momento.

Para entender, é preciso inverter a ordem temporal do filme.

O início na verdade, acontece numa festa dada pelo diretor de filmes de Hollywood, Adam. Na festa, Diane Sellwyn é convidada por Camila Rhodes, a essa altura, sua ex-amante. Lá, Diane sofre os piores tipos de pressão/humilhações psicológicas. Por exemplo, ela fica sabendo na mesa de jantar que sua amada e ex-amante vai se casar com o diretor do filme e após perguntas na mesa de jantar, fala sobre o concurso de dança que venceu, o sonho de ser atriz e o fato de que foi preterida ao papel principal de um filme (o qual Camila ficou com o papel principal – inveja). É nessa festa que o inconsciente já perturbado de Diane seleciona a maioria dos personagens que ela vai colocar na história criada no sonho dela.

Depois dessa festa, ela decide pegar parte do dinheiro herdado de sua tia e contratar um assassino profissional para matar Camila. O trato é feito no Café Winkie’s, onde uma garçonete chamada Betty os atende. Betty é a personagem que, no sonho, Diane decide interpretar, uma pessoa dócil e agradável. Ao entregar o dinheiro, o assassino diz que assim que tiver terminado o trabalho, irá deixar uma chave azul em um local visível para ela. Essa chave é um símbolo. E Diane pergunta o que a chave abre, o assassino apenas gargalha.

No sonho…

Betty (Diane) chega a Los Angeles para realizar o sonho de ser atriz e conhece um simpático casal de idosos. Ela ficará na casa da tia por uns dias, onde Coco (mãe de Adam na realidade) é a responsável das casas.

Lá conhece, por acaso, uma estranha que se diz chamar Rita e que perdeu a memória. Além de ter perdido a memória, está com uma bolsa com muito dinheiro (herança da tia de Diane na realidade) e uma chave azul com formato diferenciado. A busca para recuperar a memória e saber o porquê de tanto dinheiro e pra que serve a chave começa, e vão atrás de pistas. Descobrem que houve um acidente em Mulholland Drive um dia antes. No Winkie’s, a estranha lê o nome da garçonete no broche de identificação, a mesma se chama Diane e ela se lembra do nome Diane Sellwyn, buscam na lista telefônica e descobrem o endereço da desconhecida. Vão até o local, e batem na porta, onde uma desconhecida (ex-namorada de Diane na realidade) abre a porta. A mesma diz que trocaram de casas há um tempo, as duas vão para o novo endereço e invadem a casa, lá descobrem um corpo feminino com um tiro na cabeça em estado de putrefação (corpo de Diane no sonho, que pode simbolizar a morte da vontade de viver).

As duas vão embora assustadas e tentam mudar a aparência da estranha, temendo pela vida da mesma. Ela usa uma peruca como a do cabelo de Betty. As duas fazem amor e no meio da noite, a estranha acorda e pede para que vão a um local: o clube Silêncio, no qual acontece um show bizarro. No show, há várias menções de que tudo é uma ilusão/gravação e então, parece que, aos poucos a realidade vem à tona para Betty. Começa a tremer e no meio do show, chorar muito. Uma garota que canta em espanhol, fala do amor, pergunta o que pode fazer já que a pessoa amada não a quer. Enfim, todo o sofrimento de Diane ao ser trocada por Adam. Após isso, a caixa aparece na bolsa de Rita, pois está pronta para ser aberta/descoberta.

Ao chegarem a casa para abrir a caixa, Betty desaparece e Rita abre a caixa. A consciência vem à tona. Percebe-se que a chave abre o consciente (caixa) de Diane, fazendo-a encarar a realidade, pois ela estava perdida no pseudo-sonho, onde havia criado uma realidade alternativa.

O Cowboy aparece no quarto de Diane e fala que “é hora de despertar”, após isso o corpo em estado decomposição aparece, como se fosse uma última tentativa de negar o ocorrido. Então o tempo do filme muda novamente. Ela volta a se levantar no período após ter mandado matar Camila. A ex-namorada anterior à Camila bate na porta para pegar as coisas que ainda estão lá. Diana percebe que há uma chave azul sobre a mesa, ou seja, Camila havia sido assassinada como ela havia encomendado.

A partir disso, o filme começa a explicar como Camila terminou com Diane, um pouco da revolta e da culpa, por ter tomado uma atitude tão drástica que mudou a vida de uma pessoa.

Diane está se masturbando, enquanto chora aos prantos, o telefone toca. Volta-se ao início de como a história é contada, ou ao final de como o filme é rodado. Ou seja, nos deparamos com a festa de Adam e a contratação do assassino.

Outra câmera mostra o mendigo que fica atrás do Winkie’s, este derruba a caixa azul e o casal de idosos do início saí para perseguir a mente de Diane, que dá um tiro na cabeça, no entanto, é o que ela queria que acontecesse. Na minha opinião, ela ainda está dormindo e sonhando.

Obs. final: não entendi muito bem a ligação do assassino em pegar o tal livro negro de Ed. Talvez uma cena desconexa normal aos sonhos, que muitas vezes não tem conexões que fazem 100% de sentido.

Nota: 10/10

Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

13 Responses to Análise-Explicação: filme Mulholland Drive (Cidade dos Sonhos)

  1. Ótima análise! Este filme é bem interessante, assisti com uma psicóloga ao meu lado e algumas coisas entendemos juntos, ehehehe. Mas sua ajuda foi grande, parabéns pelo site.

  2. Jana Almeida says:

    Esse filme é muito bom, mas quando eu vi o filme ficando desconexo naquele clube “silencio” e as cenas em diante percebi logo que “Daiane” tinha algum problema.

  3. Polly says:

    Eu acho que todas as cenas tem conexão, só temos que tentar entendê-las prestando atenção.
    Sobre a cena do assassino tentando pegar o livro negro, aparece no final quando Diane está ” contratando” o assassino ele está com o livro . Possivelmente, onde contém o nome e informações sobre a pessoa que ele vai matar. Então, acredito que na cena inicial que ele tenta pegar o livro e dá tudo errado como quando ele atira na gordinha, atira no aspirador e soa o alarme, é um mecanismo do ” sonho perfeito” de Daiane para que Rita/Camila não seja morta, já ela é jurada de assassinato.

  4. Silvio says:

    Bem observado Polly

  5. Danilo says:

    Parabéns pela Fantástica analise! Texto maravilhoso!

  6. Anônimo says:

    O livro que o assassino pega só tem importância porquê na hora que Diane o contrata, ele tem o mesmo livro em cima da mesa da lanchonete, provavelmente ela viu ele em um deslumbre e isso ficou na sua mente.

  7. Joao says:

    Parabéns pela análise e pelo site!
    Realmente ajudaram muito kkk
    Abraço

  8. Rafael says:

    o casal de idosos são os pais de diane, eles aparecem rapidamente ao lado dela na cena do início do filme quando ela recebe a premiação do concurso de dança.

  9. Cassiana says:

    Parabéns por estas respostas estava quebrando a cabeça com esse filme, percebi que era uma ilusão mas não conseguia descobrir de quem. bjs

  10. Concordo, Polly.
    Nessa cena do roubo, onde tudo dá errado, mostra que ele é um péssimo assassino.
    Na minha opinião, Camila sobreviveu ao assassinato.

  11. Emerson says:

    Valeu mesmo. Ficou tudo mais claro. Já assisti 3 vezes este filme. Daqui um tempo assisto a terceira com toda essa informação vai ser diferente.

  12. Anônimo says:

    OH MY GOODNESS! Incrível explicação!!! Eu tinha isso em mente, porém não me atentava para o principal da trama, o sentido atemporal da narrativa. Agora lendo a sua análise tudo clareou como o amanhecer. Creio que a ideia de criar uma narrativa tão louca como essa, veio daquela situação em que estamos sonhando e então alguém nos acorda, chateado por não ter conseguido terminar o sonho, tentamos voltar a dormir na expectativa de voltar a sonhar….quando percebemos que não somos capazes disso, o nosso consciente tenta continuar a história, porém, de uma forma que podemos controlar ao próprio desejo.

    Perfeito! Filme incrível, digno de David Lynch, um elenco incrível e mais uma vez um show de interpretação de Naomi Watts.

  13. Evandro. says:

    Cara, vc viajou… A trama é muito mais simples que sua estória maluca. Trata-se de uma crítica onírica ao glamour de Hollywood, onde atrizes passam a perna nas outras para conseguir um papel. No caso, Betty era para ser a grande atriz, enganada por Rita, que tomou seu lugar. No caso, por meio de magia e de sonho, coisas que estão ligadas ao mundo de Hollywood… Um filme que trata da perversidade do mundo artístico por meio do lirismo e dos sonhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: