Análise-Explicação: filme Mulholland Drive (Cidade dos Sonhos)


Para falar a verdade não conheço muito as obras do diretor David Lynch, antes de Mulholland Dr., conhecia apenas o clássico “Veludo Azul”.

Mulholland Drive é uma obra de arte que prende a atenção do início ao fim. É um filme difícil de ser entendido à primeira vez e, para muitos, pode ser até entediante por ser “denso” e complexo. Acredito que quando se assiste um filme que faça a pessoa refletir, é preciso encarar o mesmo como um entretenimento e como um desafio para solucionar um mistério. Para quem não curte desafio, mas gosta de filmes bem elaborados, minha dica é que preste muita atenção aos detalhes, pois a obra não segue uma linha do tempo definida.

Para compreender um pouco, tive que assistir uma vez, e demorei uns bons meses para digerir, para então assistir de novo e, com calma, criar uma ideia do que pode ter ocorrido.

Obs1: se não curte spoiler, não leia daqui para frente, pois apesar de ser uma opinião, muitas partes serão reveladas.

Obs2: para um entendimento mais eficaz, acredito que deva explicar um contexto geral primeiro, para depois ir “decupando” e tentando explicar o filme de acordo com minha interpretação livre.
Leia mais deste post

Anúncios

Best List: Iron Maiden

When I was 11 years old I was introduced to this band by a friend. I believe it was by chance, I went to his apartment and he was listening to some noisy song, but I love it.

The following was the obvious, I became an Iron Maiden’s fan and started to collect all the albums and singles of the band. Later on I started to play guitar and accoustic guitar in order to perform all of their songs.

Read more:

Leia mais deste post

Best List: Iron Maiden

When I was 11 years old I was introduced to this band by a friend. I believe it was by chance, I went to his apartment and he was listening to some noisy song, but I love it.

The following was the obvious, I became an Iron Maiden’s fan and started to collect all the albums and singles of the band. Later on I started to play guitar and accoustic guitar in order to perform all of their songs.

Read more:

Leia mais deste post

Minha lista dos melhores comerciais do Super Bowl XLV

Tudo bem… a Christina esqueceu parte do hino americano, tudo bem que um monte de gente achou o show do Black Eyed Peas fraco. Continuo achando que esse Super Bowl foi um dos melhores. Aqui apresento minha lista dos melhores comerciais na minha opinião. Alguns perfeitamente claros e alinhados aos produtos como no caso da AT&T, outros provando que não é preciso colocar sempre mulher gostosa em propaganda de cerveja pra ser criativo.

Concluindo, acredito que se o comercial é original e te emociona de alguma forma (pode te fazer rir, chorar ou etc.), ele consegue o impacto necessário para que você no mínimo se lembre do comercial, ou seja, há uma probabilidade maior de você se lembrar da marca, caso a publicidade não esteja tão bem alinhada.

Leia mais deste post

#Goodbye Orkut! agora é oficial!

No mundo das mídias sociais um dos maiores pecados é o comodismo. É preciso estudar, experimentar sempre, mudar e evoluir. Infelizmente o Orkut não teve tal visão e por isso, dificilmente, vai se recuperar. No entanto, não estou deletando minha conta somente devido a tal fato, mas sim porque o Facebook proporciona a mesma função numa escala “mais global”, além de ter uma interface muito mais sofisticada e ser, de fato, mais sofisticado.

Leia mais deste post

New York 4: Análise dos americanos e o Intrepid

Minha visita ao Intrepid aconteceu por acaso. No ônibus da companhia de turismo chinesa – Wonder Travel – eu e meus amigos soubemos que deveríamos comprar pelo menos 3 atividades. Como dito em outro post anterior, escolhemos a Estátua da Liberdade, o Rockefeller Centre e, meio que por falta de opção, visitar o museu Intrepid Sea-Air-Space.

O Intrepid ou “The Fighting I”, é um encouraçado gigante construído durante a Segunda Guerra Mundial pela Marinha norte-americana. Além de combater os japoneses na região de Pearl Harbor, foi usado na Guerra do Vietnã – servia também como base para aviões de guerra.

Leia mais deste post

Mayara Petruso e a xenofobia no Twitter

Não sei quem é Mayara Petruso, mas achei esse post interessante para mostrar a hipocrisia e falso moralismo do povo brasileiro (todas as classes inclusas).

Todo mundo fala em democracia, mas quando outro “palhaço” é eleito todo mundo diz que a situação é ridícula, uma merda e etc.

Leia mais deste post

Estudo de caso: Madoff e o esquema da pirâmide ou ‘Ponzi’

 

Quem não se lembra do caso Bernard Madoff (ex CEO da NASDAQ)?? Uma da maiores fraudes da história em 2008. Logo depois surgiu Túlio Vinícius Vertullo, apelidado de ‘Madoff brasileiro’ – embolsou cerca de R$ 100 milhões de mais ou menos 1000 investidores. O caso mais recente aconteceu em Minas há 1 semana, neste, o empresário e criador da Firv, Thales Emanuelle Maioline, enganou 2000 pessoas e sumiu com R$ 50 milhões.

O que os casos têm em comum?

1. Esquema de pirâmide ou esquema ‘Ponzi’ (nome de um dos pioneiros da ‘arte’, Charles Ponzi). O que é o esquema?

Leia mais deste post

Análise-Explicação: filme A Caixa – The Box

1. Português

2. En Français – Analyse du film: «La boîte» (Descends la page pour lire)

3. In English – Analysis of the movie: “The Box” (roll down to read)

____________________________________________________________________________________________

Trailer Filme A Caixa Legendado Portugues

Ao saber que o filme era do mesmo diretor de Donnie Darko, criei uma expectativa bem positiva, embora um amigo já estivesse dizendo há meses que o filme era uma merda. Conclusão final: o filme é bom… Sensacional?? Nem ferrando. É um filme bem denso, faltam alguns links em algumas partes, mas prende sua atenção do início ao fim, devido a quantidade de mistérios e as boas atuações de James Marsden e Cameron Diaz, protagonistas.

Obs: Se você planeja assistir o filme e não gosta de spoiler, não leia o resto!

Acho que Richard Kelly (diretor e roteiro) quis dar uma lição moral às pessoas. Na parte final, o personagem de Frank Langella olha para a tela como se estivesse dizendo ‘cuidado com as escolhas que você faz’ e ‘tudo tem consequências’. Sobretudo, pareceu uma crítica ao sistema e ao modo de vida atual, pois a trama se desenvolve em cima de um dilema moral. Você aceitaria apertar um gatilho (botão) e matar um desconhecido em troca de US$ 1 milhão – tax free??

Leia mais deste post

O modelo educacional nos transforma em robôs

 

O modelo citado faz parte do processo. O foco do texto será ele, pois acredito que seja a principal ferramenta que torna o ser humano descartável.

Que sistema é esse que cria empregados em vez de empreendedores? Ok Ok, o velho discurso é manjado… ‘a culpa é do capitalismo!’, ‘as pessoas querem que você seja empregado’, ‘a sociedade está errada e ela guia o caminho de todos’, ‘As pessoas são alienadas’, etc.

Mas estar manjado ou banalizado, não necessariamente, significa estar errado. Gosto de pensar na esfera das possibilidades. Não estou dizendo que as pessoas devam abdicar de uma educação formal completa e virar viajantes sem-teto, não é isso! Minha crítica aqui é quanto ao modelo educacional.

Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: