O que está por trás da fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour? (Via Finanças Inteligentes)

O estardalhaço criado na mídia focando a briga entre os sócios controladores do Pão de Açúcar e Carrefour está camuflando uma operação do governo para influenciar/intervir diretamente o setor de supermercados no Brasil. Lamentavelmente o governo está articulando nos bastidores mais uma intervenção direta na economia do país. Após a bilionária jogada feita no ano passado para aumentar sua participação na Petrobras por meio do BNDES utilizando dinheiro público, o governo agora quer interferir e influenciar as grandes redes de supermercados no Brasil através do BNDES utilizando novamente o dinheiro público.
A fusão entre Carrefour e Pão de Açúcar só poderá acontecer com a intervenção do governo, que ficará a cargo de injetar o dinheiro via BNDESpar (braço direito do BNDES) para que a união se concretize. O governo passaria a ser o grande sócio desta nova empresa a ser criada aumentando sua influência sobre a economia do país. Nos últimos anos o governo tem viabilizado fusões e se tornando sócio de um número crescente de empresas no Brasil. No ramo de energia é indiscutível, “quem manda” na Petrobras é o governo. No ramo de mineração, o novo presidente da Vale (Murilo Ferreira) já deu sinais de que vai ceder aos interesses do governo, a Vale estuda atuar no ramo de siderurgia (um dos setores menos rentáveis da economia atualmente).
“Curiosamente” as empresas onde o governo tem forte participação societária fazem parte de setores monopolizados da economia, não há concorrentes a altura de uma Petrobras ou Vale e não vai haver concorrentes a altura de uma fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour. Isso é um perigo para qualquer economia do mundo, a história mostra que a forte presença do Estado não é saudável para o crescimento econômico sustentado.
A dura verdade é que o varejo brasileiro está para ser “estatizado” e as pessoas não tem conhecimento disso. Além disso, representantes de fornecedores de leite longa vida, trigo, carne bovina, café torrado e moído e entre outros consideram que a alta concentração do varejo é negativa em termos de negociação, por causa da perda do poder de barganha. Juntos, Pão de Açúcar e Carrefour dominarão 1/3 do mercado varejista nacional e os consumidores poderão ser prejudicados mais uma vez.
Os chineses compram o nosso minério, levam para a China e fazem o aço, voltam aqui e conseguem vender o aço mais barato do que o de nossas próprias siderúrgicas. A nossa gasolina é uma das mais caras do mundo para um país que é potência petrolífera. Estes são apenas alguns exemplos do que representa o verdadeiro poder do estado sobre a economia.
Voltando para o mercado de capitais, pode-se observar que o giro na Bovespa ficou concentrado nas siderúrgicas (estavam bastante sobrevendidas) que sustentaram a leve alta do índice, já que vários setores da Bovespa estavam operando na venda (o famoso rodízio no qual sempre comentamos aqui no Finanças Inteligentes). O índice bovespa deixou um doji de indecisão acima da linha central de bollinger, o que não é um bom sinal para o curtíssimo prazo, os trades não encerrados após a entrada de ontem devem estar com stops ajustados para evitar devolver o lucro pro mercado. O índice agora tem pela frente uma LTB a ser rompida.
No cenário internacional a aprovação do plano de austeridade fiscal pelo Parlamento grego não surpreendeu os mercados, já que o fato foi precificado anteriormente conforme análise explicativa feita pelo Finanças Inteligentes na terça-feira dia 28/06. O índice Dow Jones fechou em alta testando a sua LTB da tendência de baixa no curto prazo. Pode aparecer um movimento de realização de lucros em Wall Street a partir de amanhã.
Fonte: Blog Finanças Inteligentes
Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

3 Responses to O que está por trás da fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour? (Via Finanças Inteligentes)

  1. armandogt says:

    Bom, nao vejo problema nenhum. Sendo assim e so cultivar o ativismo politico e o espirito de cidadania para exercer uma maior pressao sobre os governantes e o preco da comida abaixa..porque nao? um preco justo que nao gere lucro demasiado, basta pressionar o governo. E viavel. Se o que for, Hugo Chavez e o mercado popular na Venezuela proporciona comida pra todos a um preco acessivel.

    Eu apoio medidas que tirem poder do setor privado e aumentam o poder do publico, setor publico sim. Governo e setor publico porque os politicos deveriam ser mera representacoes dos cidadaos. O modo como a gente encara a politica como um mundo a parte tem que mudar para que possamos melhor controlar tudo o que tem grande impacto no nosso dia-a-dia.

    Eu entendo as consequencias para a economia nacional, mas acho que progresso tem que acompanhar uma serie de outros fatores que nao sao levados em consideracao pelo setor privado. A nao ser quando usando o “slogan” de politicamente correto aumentam o seus lucros.

  2. Mery more says:

    Hey there i am reading this site for some time. I just want to say that i am satisfied by quality of information provided by the author.

  3. Jamie Olein says:

    It’s exhausting to find educated individuals on this matter, but you sound like you recognize what you’re speaking about! Thanks
    You should take part in a contest for top-of-the-line blogs on the web. I’ll recommend this website!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: