Como abrir uma franquia (Via Invista Franquia)

imagem botao franchise Antes de investir em qualquer negócio que gere lucros é preciso estudar o mercado e também fazer suas pesquisas para identificar as melhores oportunidades e um que se encaixe com o seu perfil. Abaixo há algumas dicas úteis se você estiver pensando em abrir uma franquia.

1. Se conheça

Saber o perfil e ter em mente alguns setores que tenha alguma identificação pode ser o fator crítico do sucesso da sua empresa. Pense em algo que você se veja fazendo com muita paixão, pois é um negócio que depende de disposição de tempo full-time e vontade no início. Os primeiros meses são os mais difíceis e se não houver uma motivação a mais, no longo prazo, o negócio pode ser comprometido.

2. Planejamento financeiro

Não conte apenas com o dinheiro para pagar a taxa de franquia. Crie um Fluxo de Caixa ou coloque num papel todas as despesas possíveis que você possa imaginar (aluguel, luz, água, itens de escritório, reformas, itens de higiene, eletrodomésticos, identidade visual, etc.). Tenha capital para aguentar pelo menos 1 ano num cenário pessimista (crie 3 cenários financeiros, um otimista, um realista e um pessimista).

3. Faça um BP (Business Plan) ou estudo o mercado Fazer o chamado BP ou Plano de Negócios é importante para conhecer o mercado que se quer entrar e todos os detalhes tanto da empresa quanto do ambiente externo, além de todos os riscos. Conheça o público e suas necessidades, o mercado, os números do mercado, a concorrência, as forças e fraquezas de sua empresa, as análises e oportunidades. Para saber como fazer um BP completo, pegue um modelo na internet usando o Google. Caso o seu negócio dependa da localização e do fluxo de pessoas para ter sucesso, invista em um mapa mercadológico da cidade escolhida. Um mapa da Cidade de São Paulo com todas as ruas, além de localizações de shoppings, bancos, pontos, residenciais, comerciais e industriais pode ser comprado por R$ 1.500,00 e pode ser essencial num primeiro momento para a escolha do ponto.

4. Análise a apresentação e converse com franqueados

Converse com algumas franquias que você queira investir e peça uma apresentação para eles por e-mail (dica, veja quanto tempo demoram para responder e se o e-mail é profissional em termos de padrão, isso pode indicar como será a qualidade do suporte que você terá posteriormente). Converse com franqueados que já atuem na região ou em regiões cujo público e mercado sejam parecidos. Por exemplo, se não há franquias em SP, mas há no RJ, converse com eles para entender como é o mercado, o suporte da franquia, quais os maiores desafios encontrados e marque uma visita presencial para conhecer melhor a estrutura e aprender um pouco mais sobre o negócio.

5. Crie um projeto e liste todos os passos para o início – Planejamento

É muito importante criar um cronograma com ações e prazos para serem cumpridos. Pontos essenciais a serem abordados: Escolha da Franquia • Entrar em contato com escritório de contabilidade que tenha área jurídica, de RH e outras correlatas para te assessorar. Faça uma pesquisa e orçamento de custo para abrir um CNPJ ou fee mensal. • Ler a minuta de contrato e termos da franquia, enviar para análise do escritório contratado e, caso ok, assinar. • Buscar imóvel compatível com o que a franquia pede em termos de localização e estrutura, aprovar com eles, pegar a minuta de contrato, negociar valores, enviar para escritório analisar e fechar caso tudo esteja ok. • Orçar possíveis reformas e também estudar a legislação local em termos de segurança e sinalização (ex.: Lei Cidade Limpa em São Paulo limita a fachada dependendo do tamanho do imóvel). • Comprar os itens necessários, começar a divulgar vagas e fazer um plano de marketing de divulgação online e offline (obs: tudo deve caber dentro do seu orçamento feito no planejamento financeiro). Essas são algumas dicas que vão ajudar bastante no início da sua franquia, obviamente, cada caso é um caso e há diferentes critérios e negócios, porém, a lista acima mostra pontos que são comuns entre a maioria dos negócios, focando mais na parte estratégica.

Leia também: Negócios lucrativos: dicas simples para começar

Fonte: Invista Franquia

%d blogueiros gostam disto: