Suicídios e depressão custaram US$ 32 bilhões ao Japão (Via BBC)

O governo do Japão disse que suicídios e depressão custaram quase US$ 32 bilhões à economia do país em 2009.

Os números, baseados em um levantamento nacional, somam custos como renda perdida, tratamentos e benefícios sociais. É a primeira vez que o país divulga esse tipo de dado.

O Japão tem um dos índices de suicídio mais altos do mundo – no ano passado, mais de 32 mil pessoas se mataram.

Autoridades dizem que entre as principais causas para depressão e suicídios estão perda de emprego e má situação financeira.

O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, vê nos números um sinal de tempos ruins, tanto econômica como emocionalmente. Seu governo está criando uma força tarefa para tentar reduzir esses índices.

A partir de sexta-feira, um vídeo com um astro do futebol japonês pedindo às pessoas que fiquem mais atentas ao problema será exibido no site do governo.

RENDA PERDIDA

“Uma vez que o número de suicídios no Japão foi superior a 30 mil por 12 anos, o problema que precisa ser enfrentado por toda a nação”, disse um representante do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

“Esperamos que esse estudo leve a medidas de prevenção mais fortes”.

O levantamento mostrou que se as pessoas que cometeram suicídio no país no ano passado – 26.500 pessoas com idades entre 15 e 69 anos – tivessem trabalhado até o momento de se aposentar, teriam ganho 1,9 trilhões de yens (US$ 22,5 bilhões).

Entre os outros custos incluídos no cálculo estão os salários perdidos por pessoas que deixaram de trabalhar por causa de depressão (de US$ 1,9 bilhão), o salário-desemprego pago a essas pessoas, o tratamento médico e outros benefícios sociais.

O premiê Naoto Kan disse que os índices de suicídio são prova daquilo que, segundo ele, está errado com o país: muitas pessoas sofrendo economicamente e emocionalmente.

“Há muitas causas para suicídios. Diminuí-las seria uma forma de construir uma sociedade com um nível mínimo de infelicidade”, ele disse.

Mas as atitudes em relação à depressão no Japão também requerem atenção urgente, dizem correspondentes.

Em um país onde estoicismo e consenso são altamente valorizados, muitas pessoas, em particular os mais velhos, veem a doença mental como um problema que pode ser superado se a pessoa se esforçar mais.

Segundo os correspondentes, o uso de psicoterapia para tratar depressão fica bem atrás dos índices praticados na América do Norte e na Europa e médicos japoneses tendem a considerar remédios a única resposta para o problema.

Fonte: BBC Brasil

Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

5 Responses to Suicídios e depressão custaram US$ 32 bilhões ao Japão (Via BBC)

  1. link says:

    ok how is this supposedto mean?

  2. It depends on the point of view. I try to demonstrate that maybe the way we are being educated is not right. But I don’t understand your question. Could you expand a bit your question??

    best

  3. asdf says:

    i am addicted to farmville

  4. bet365 says:

    hi I was luck to search your topic in wordpress
    your topic is exceptional
    I learn much in your topic really thanks very much
    btw the theme of you website is really impressive
    where can find it

  5. Thank you!!
    Well, the theme is called enterprise!!

    Good luck!

    hugs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: