Viajar para a Europa fica até 26% mais barato (Via FSP)

O brasileiro que sonha em conhecer a Europa tem mais um motivo para viajar ao Velho Continente neste ano: os preços dos pacotes turísticos estão até 26% menores.

Segundo o diretor de assuntos internacionais da Abav (Associação Brasileira de Agência de Viagens), Leonel Rossi Jr., a queda na cotação do euro é a maior responsável pela variação no valor dos destinos europeus. A moeda europeia caiu 20% ante o real na comparação de março de 2009 com o mesmo mês deste ano.

A depreciação resulta de piora no cenário econômico europeu. A crise traz mais uma contribuição para os viajantes. A queda em preços de serviços ajuda a reduzir o gasto médio diário dos turistas, hoje em 60.

Uma pesquisa mundial mostrou redução de 13% no preço das diárias de hotéis na Europa de 2008 para 2009. A Polônia registrou a maior queda, com 25%, seguida da Noruega, com 20%.

Vista da Torre Eiffel, em Paris, um dos destinos mais procurados na Europa por turistas de todo o mundo

A mesma pesquisa mostrou o Rio de Janeiro no topo das altas. As diárias na cidade tiveram reajuste de 12%.

O diretor da Braztoa (Associação Brasileira de Operadoras de Turismo), Plínio Nascimento, vai além. Ele acrescenta o impacto do efeito das cinzas do vulcão islandês –que fechou aeroportos e provocou queda na ocupação– no preço dos pacotes.

A soma desses fatores tornou uma viagem simples de seis dias a Paris em baixa temporada cair de uma média de R$ 4.206 em 2009 para R$ 3.357 neste ano, segundo levantamento da Braztoa. A queda chega a 26% na comparação do mesmo pacote para Portugal.

A redução nos preços diminui a diferença entre Estados Unidos e Europa. Segundo Rossi, os pacotes para os destinos europeus custavam cerca de 40% mais que os americanos. Agora, saem por cerca de 25% mais.

“É uma oportunidade para os que sempre tiveram medo dos altos custos da Europa conhecerem o continente”, diz Nascimento.

A venda de pacotes europeus deve crescer acima da média internacional neste ano. Segundo a Braztoa, a alta deve ser de 15% no geral das viagens para fora do Brasil e de 20% nos destinos para a Europa.

“Acho que o ano vai ser muito bom para o turismo. O brasileiro vai viajar bastante para o exterior”, afirma Nascimento.

De acordo com as duas associações, os brasileiros costumam escolher a Argentina como o primeiro destino de viagem internacional.

Depois de visitar o país vizinho, o turista escolhe os Estados Unidos para então viajar à Europa.

Fonte: Folha de São Paulo

Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: