2 Magníficos pensamentos de Amyr Klink sobre a vida

Bookmark and Share

“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”

” Passados dois meses de tantas histórias, comecei a pensar no sentido da solidão. Um estado interior que não depende da distância…nem do isolamento; um vazio que invade as pessoas… E que a simples companhia ou presença humana não pode preencher. Solidão foi a única coisa que eu não senti, depois que parti…nunca…em momento algum. Estava, sim, atacado de uma voraz saudade. De tudo e de todos, de coisas e de pessoas que há muito tempo não via. Mas a saudade às vezes faz bem ao coração. Valoriza os sentimentos, acende as esperanças e apaga as distâncias. Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudade…mas não estará só!”

Amyr Klink

Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

4 Responses to 2 Magníficos pensamentos de Amyr Klink sobre a vida

  1. dailycecilia says:

    Mto bom! A única coisa é que para viajar é preciso de muita coragem e não fomos educados para termos coragem..

  2. Concordo… por isso eu acredito que a partir do momento em que a pessoa se posiociona e toma uma decisão alternativa em relação à vida, ela já andou pelo menos 50% do caminho para um aprendizado que a educação formal não proporciona. Enfim, não podemos usar outras pessoas para fazer a experiência e ver se vai dar certo, precisamos ser nossas próprias cobaias e conhecer o mundo, ou como Amyr klink disse… sermos os alunos.

  3. Bruno says:

    Legal! Saudade, só, e não solidão! Só saudade a ser matada numa questão de tempo! Legal!

  4. Gerlei says:

    Lindo de mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: