Conclusão do final de Lost e o verdadeiro ‘último episódio’

1. Português

2. In English – Conclusions of the last chapter of Lost and the real ‘final episode’ (roll  down to read)

3. En Français – Conclusions du dernier chapitre de Lost et le vrai «episode finale» (Descends pour lire)

____________________________________________________________________________________________

1. Lost é o melhor seriado que já assisti.

O que sempre me fascinou em Lost foi a capacidade de mostrar situações que levavam a perguntas surreais e que não necessariamente exigiam uma resposta, embora por muito tempo eu tenha buscado tais respostas. Digamos… por umas 6 temporadas ou 6 anos. Mas dois dias após assistir o episódio ‘The End’, entendi que a série significou e significa muito mais do que encontrar várias respostas para várias perguntas que foram levantadas. Se trata de interpretação simplesmente. Muitas pessoas foram atrás de referências bíblicas e etc. para achar pistas para o mistério, no entanto, Lost é uma história de fé, FANTASIA e de encontrar respostas de modo natural.

Muitas pessoas estão se sentido Lost por terem perdido sua série ou por não entender qual a intenção dos criadores. Particularmente, foi o melhor final que poderia ter sido feito, pois a série acabou e a sensação de que haveria mais episódios ficou. E o que isso tem de bom se não mostrou um verdadeiro final? R: Dá margem para a IMAGINAÇÃO. Mais perguntas foram levantadas ao fim… Hurley realmente tomou o lugar de Jacob? Eles estavam o tempo todo mortos e a ilha era um purgatório? O que aconteceu com os que conseguiram entrar no avião e voltar?

Esse último episódio teve a intenção de instigar os telespectadores. E a melhor parte vem agora, quando muitas teorias do que pode ter acontecido serão formuladas por ‘lostmaníacos’ de todo o mundo. O verdadeiro último capítulo vai depender da capacidade de cada um abstrair ainda mais as maluquices que aconteceram na ilha (um urso polar no meio do nada, uma bomba nuclear, entre outras) e formularem o próprio final.

Lost deu as pessoas a chance de recuperar algo que parece perdido… a capacidade de refletir, analisar, ‘viajar’ sobre algum assunto e chegar a uma conclusão que depende do próprio ponto de vista. Para os que acharam que o último capítulo não passou de outro episódio qualquer, pode ser que a capacidade de imaginação esteja em 0% e, essa mesma falta de imaginação, talvez seja o motivo pelo qual o mundo está cada vez mais burocrático e boring.

____________________________________________________________________________________________

2. Conclusions of the last chapter of Lost and the real ‘final episode’

Lost is the best sitcom ever.

What always fascinated me on Lost was the ability to show situations that led to surreal questions which not necessarily require answers, though I have long looked for such answers. Let’s say … for about six years or six seasons. But two days after watching the episode ‘The End’, I realized that the series has meant and means much more than find various answers to various questions raised. It’s just a matter of INTERPRETATION. Many people were behind biblical references and so on to find clues to the mystery, though, Lost is a story of faith, FANTASY and find answers in a natural way.

Many people are feeling lost in having lost his TV show or did not understand the intentions of their creators. Particularly, it was the best ending that could have been done since the series ended and the feeling that remained was: ‘That’s it?’ ‘Where’s the rest?’ How could it be the best ending if it was not shown a real ending? A: It gives a scope for IMAGINATION. More questions were raised… Hurley really took the place of Jacob? They were all dead and the island was a purgatory? What happened to those who managed to get on the plane and back?

This last episode was intended to entice viewers. And the best part comes now, when many theories of what may have happened will be formulated for ‘lostmaniacs’ around the world. The real final chapter will depend on the ability of each one abstracts the craziness that happened on the island (a polar bear in the middle of nowhere, a nuclear bomb, among others) and formulate the end.

Lost gave people a chance to recover something that seems lost … the ability to reflect, analyze, ‘travel’ on some issue and reach a conclusion that depends on the own point of view. For those who thought the last chapter was nothing more than any other episode, it may be that the ability of imagination is at 0% and, this same lack of imagination, is perhaps the reason why the world is becoming so bureaucratic and boring.

____________________________________________________________________________________________

3. Conclusions du dernier chapitre de Lost et le vrai «épisode finale»

Ce qui m’a toujours fasciné dans Lost c’était la capacité de montrer des situations qui conduisaient aux questions surréalistes que n’ont pas besoin d’une réponse obligatoirement. Bien que j’ai longtemps cherché telles réponses pour 6 saisons ou 6 ans. Mais deux jours après avoir vu l’épisode «The End», j’ai découvert que la série a signifié et signifie plus que de trouver plusieurs réponses à plusieurs questions qui ont été soulevées. Elle s’agit simplement d’interprétation. Beaucoup de gens ont cherché références bibliques pour découvrir les mystères, cependant, Lost est une histoire de foi, de la fantaisie et de trouver réponses de manière naturelle.

Les gens se sentent «Lost» parce qu’ils ont perdu leur program de TV ou pour ne pas comprendre l’intention des réalisateurs. En particulier, il a été la meilleure fin qui pourrait avoir fait, parce que la série a fini et le sentiment qu’il y aurait plus d’épisodes est resté. Et comment est-ce que ça peut être bon s’il n’y a pas eu un fin? R: Elle donne place à l’imagination.

Plusieurs questions ont été soulevées au fin … Hurley a vraiment pris la place de Jacob? Ils étaient déjà morts et l’île était un purgatoire? Qu’est-ce qui s’est arrivé à ceux qui ont réussi de monter dans l’avion?

Ce dernier épisode a été destiné à attirer les téléspectateurs et la meilleure partie s’arrive grâce à nombreuses théories qui seront formulées pour les «lostmaniaques». Le vrai chapitre final dépendra de la capacité de chacun imaginer, découvrir toutes les folies qui se sont passés sur l’île (un ours polaire au milieu de nulle part, une bombe nucléaire, entre autres) et de formuler quelque fin.

Lost a donné aux gens une chance de récupérer une chose qui paraît être perdu… la capacité de réfléchir, analyser, «voyager» sur une question et trouver une conclusion qui dépendra du point de vue de chaque personne. Pour ceux qui ont pensé que le dernier chapitre a été comme quelque épisode, peut-être que la capacité d’imaginer est égal à 0% et que cette même manque d’imagination est la raison pour laquelle le monde est de plus en plus bureaucratique et ennuyant.

Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

13 Responses to Conclusão do final de Lost e o verdadeiro ‘último episódio’

  1. djacomo says:

    olha so filho da putaaaa…. eu nao fiquei 6 anos na minha vida perdendo meu tempo com essa porrra pra o final, eu ter q usar minha imaginaçao pra ter o meu final…. pois estou mesmo com imaginaçao 0% pq fiquei bolando seis anos d teoria nessa porra, se eu quisesse bolar meu proprio final //teoria, tinha feito isso na porra da primeira temporada e nao tinha gastado 6 anos pra isso, entao deu desgraçado, filho da puta, lazarento, viadinho… fodas é o desse lost… pq eu ja bolei muitas toerias pra essa porra terminar assim, entao coloca a dentadura no cu, e vai rir pro caralho, depois deita no travesseiro e vai tomar no cu tranquilo…….

  2. Bom… rs… o que posso dizer? vivemos em uma democracia.

    Aprovei o post e sua opinião está registrada.

    abs

  3. Paulo Marques says:

    Olá!Acabou aqui em Portugal o último episódio da 6ª temporada de Perdidos.
    O que percebi ,foi que após o acidente Jack foi cuidando dos sobreviventes que foram morrendo um a um na ilha até ele ser o único sobrevivente e mais o cão.Até aí tudo bem,mas porque tanto delirio e experiencias e submarinos e viagens no tempo ??????É que se virmos bem o que se passou durante as 6 temporadas nao bate nada certo e chega ate a cheirar a palhaçada.tirando o fim que imaginei no inicio deste comentario a minha 2ª hipotese é que o autor ficou sem imaginaçao ou entao o orçamento……Acabou.MMMMMMMMuuuuuuito fraco o final.

  4. CAVERNA DO DRAGÃO says:

    Gente, preste atenção!!!!FINAL DE LOST ESTÁ MUITO CLARO…SÓ NÃO ENXERGA QUEM NÃO QUER REALMENTE VER. Porque dentro dessa Teoria tem várias outras teorias q pode-se testemunhar…Esse testemuho pode ser a revelação de que temos que pensar, repensar e analisar sendo o que realmente nós conseguiríamos revelar.RESUMINDO VAMOS USAR A IMAGINAÇÃO PARA A PSICO-REFLEXÃO, SENDO A HARMONIZAÇÃO DOS PENSAMENTOS DENTRO DE UMA VIAGEM FEITA ATRAVÉS DESSE MUNDO SURREAL.

  5. Gut says:

    Bizingaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  6. Andréia says:

    o.O Profundamente chocada com o primeiro comentário “mimoso” ….. não vou nem comentar sobre Lost…. A completa falta de educação me deixa sem prumo……………..

  7. Vanderlei says:

    Nos seis anos da série Lost, passamos por vários tipos de teorias para um final convincente, que explicasse tudo e todos dentro daquela história. Sei que só lá pela quarta temporada me dei conta de que aquilo não era uma mera trama de ação-aventura, onde a ilha seria uma criatura viva, vinda das profundezas do espaço lá pela pré-história terrena e que a fumaça negra seria um ser que nela habitava, mas de lá não poderia sair a não ser que alguém o levasse de alguma forma.
    Mas, só fazendo um adendo aqui, é muito triste navegar pela Internet afora e ler alguns comentários patéticos de pessoas que assistiram a série. Apesar de que eu deveria me conformar, dado o nível mental das pessoas que escrevem essas besteiras. Uma coisa é certa: a série prendeu muita gente até o fim. Prendeu mesmo aqueles que não entendem nem os intrigantes “roteiros” de filmes do Van Damme.
    Voltando à série, é preciso que se esqueça de qualquer coisa que já tenha assistido antes e que se tome por base que os protagonistas têm em sua vida um pouco de tudo que qualquer pessoa normal, do mundo real, também tem. A falta de um objetivo na vida, a infelicidade por fazer algo que não gosta, a vontade de se vingar de alguém por causa de algo do passado, uma gravidez indesejada, a subserviência, a preocupação com o próximo, e por aí vai…
    Não sei se os autores pensaram em passar toda essa mensagem, mas, por fim o fizeram. Dentro da trama se viu fome de poder, ganância, arrogância, ingenuidade, manipulação, medo, credulidade, incredulidade, ciência e fé – com uma não podendo viver sem a outra e vice-versa, e muitas coisas mais, todas ligadas e impiedosamente levando pessoas do céu a inferno de um capítulo para o outro.

  8. @bruno_tri says:

    A serie levanta uma série de enigmas e com isso reúnem uma legião de curiosos. Esses que esperam ansiosamente pelo desfecho de tudo para obter as respostas.
    Ao notar que a maioria dos enigmas não são respondidos pelo autor, uma série de críticas de insatisfação ocorreram.
    A questão que fica: será que o autor chegou a imaginar algumas hipóteses para solucionar os enigmas?

  9. Pingback: Ideando stats in 2010 « Ideando

  10. Marcelo says:

    Os autores de LOST são espíritas. Basta estudar Kardec e tudo fará sentido. As respostas que todos buscam são óbvias para quem conhece a Doutrina Espírita. Terminei a série essa semana e interpreto qualquer acontecimento sem qualquer problema. TUDO faz sentido, nada é incoerente.

    Querem uma dica para entender LOST? Ninguém vai dar a resposta! Como na própria série, você precisa descobrir sozinho. Não tem essa de “terminou sem respostas”… A resposta não está na série.

  11. josue says:

    qual e a moral de fazer uma serie q nu final nos temos q imaginar o final?
    eles diviao no minimo nos esclarecer as coisas!
    mas mesmo assim eu acho q lost foi a melhor serie de todos os tempos
    foi a mais bem feita e mais bem elaborda (tirando o final)

  12. David Garcia says:

    As estórias paralelas dos personagens, principalmente no fim da temporada foram um tanto confusas, muita informação e nada conclusivo.

  13. Silvia says:

    Lost foi maravilhoso, ensinou a todos que assitiram a refletir, a olhar para dentro de si. O final foi super claro, só não entendeu quem não tem capacidade para pensar, ou melhor para entender as coisas. Lost mostrou os conflitos existentes que todos os sere humanos tem pelo menos um pouco em suas vidas Todos nos stamos interligados, precisamos nos entender para podermos evoluir. Cada ação de uma pessoa influencia a vida da outra, por isso devemos pensar e agir pensando em todos que estã o ao nosso redor. Enfim mostra-nos sobre a espiritualidade, que a vida continua e precisamos evoluir. Parabens para todos os produtores de Lost. Adorei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: