Reflexão: “Sopa de letrinhas” sobre Educação financeira, micos e Big Ideal

mais ou menos uns 6 ou 7 anos fui atraído para o mercado de ações. Não entendia nada – ainda me considero um rookie na área – mas as possibilidades de se obter lucros rápidos brincando apenas com a oscilação das empresas me fascinava.

Comecei brincando no FolhaInvest Há uns 4 anos. De lá para cá, li alguns livros, assisti uma palestra na Bovespa, conversei com profissionais da área e professores de economia, apliquei em poupança no começo, depois parti para os fundos de investimento, ações blue chips e agora estou operando os chamados ‘Micos’ ou ‘Small Caps‘.

Para operar ações é recomendado fazer análises técnicas ou gráficas e fundamentalista, depois disso é preciso confiar na intuição e apostar o dinheiro. Não vou explicar aqui a teoria de análises técnicas ou fundamentalistas porque não vem ao caso ao que quero expor (uma reflexão particular e pública).

Aprendi um pouco de cada e tento me aperfeiçoar o quanto posso cada vez mais. Nos últimos meses fiz lucros e prejuízos, bati o break-even várias vezes… atualmente, meus fundos já estão no lucro, mas com a última queda estou negativo no geral das minhas ações (micos). Conhecendo os riscos maiores, por que continuar a operar?

Tenho algumas convicções:
– é tudo uma questão de análise e estudo, quanto mais se estuda, mais a sorte se aproxima de você;
– oportunidade. Ela existe em todos os lugares, basta atirar com um bom fundamento para aumentar as chances de atingi-la;
– perfil. Apesar de parecer pacato, gosto de sentir a sensação do frio no estômago às vezes. Você já imaginou entrar nos seus fundos e, na época de crise, perceber que estava 11 mil reais no vermelho? Pois é… vivi essa situação… mas foi superada, até agora.
– quando não se tem muito, o mínimo de prejuízo é uma grande perda. Apesar disso, é preciso arriscar e investir o máximo que der – com muita reflexão e análise de riscos – porque investindo pouco, pode ser o mesmo que perder uma grande oportunidade, muito embora a chance de perder tudo também seja bem relevante.

Conclusão: encontrar o seu perfil às vezes depende do ‘BIG IDEAL’. Transforme você – pessoa física – como uma empresa com um objetivo e complete a frase: Eu acredito que o mundo seria um lugar melhor se………. e se você estiver alinhado a essa questão, por mais ampla e vaga que pareça, é possível que todas suas escolhas comecem a te levar para a sua resposta.

QUE VIAGEM!!!!

Carteira atual: Kepl3 e Ecod3 de olho em Toy3/4.

Anúncios

Sobre Albert Takahashi
Brazilian-Japanese, gratuated in advertising, home-broker, traveler, experiencialist, blogger, tweeter guy, youtuber, digital influencer, living/studying French in Montréal currently, analysing the human behaviour and its interaction with the social media.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: